DESIGNLAB

Design, Tipografia e Multimédia.

Archive for June, 2010

Mestrado de Design de Imagem (via word-of-finger)

MESTRADO DE DESIGN DA IMAGEM 2010/2012
Candidaturas até 25 de Junho

Criação de contextos de visibilidade e operação de projectos aplicados, através de dispositivos mediáticos, exposições, programas de desenvolvimento, projectos editoriais e programas de educação e literacia.

http://www.facebook.com/l/bbe73FJwCl3NRi44k3BZDdTjIjQ;www.fba.up.pt/cursos/mestrados/design-da-imagem

Word-of-finger é o termo usado para descrever o marketing através do “teclar” nas redes sociais. Esta era a pequena resenha de Jonathan Keats que estava a ler na última Wired, quando recebo uma mensagem via Facebook — uma mensagem de pedido de divulgação da nova edição do Mestrado de de Design de Imagem do Prof. Adriano Rangel. Uma vez que já o fiz aqui antes, aqui fica a promoção a este programa curricular.

O facto curioso é que mesmo o link fornecido utiliza o Facebook como intermediário. Pessoalmente, creio que a mensagem teria sido muito mais eficaz caso tivesse sido enviada directamente para o email. No entanto, tal como explica Keats, o sucesso destas ferramentas é a monitorização em tempo real, de forma simples, da divulgação. Para mim, dado o boom de parvoíces sociais a que temos assistido nos social media, ainda fica dúvida se este meios estão em ascensão, ou em declínio de reputação. Creio que não tarda nada para as pessoas saltarem do Facebook para a “próxima grande coisa”. Só o tempo dirá…

Em tom de nota, estive na dúvida se o faria aqui, uma vez que as Belas Artes do Porto, apesar de terem sido a minha casa durante muitos anos, são agora a “concorrência” do DeCA… No entanto, neste caso, abro uma excepção. Por variados factores—a amizade que mantenho com as pessoas que organizam o projecto, ou até mesmo pela dissertação que co-orientei já perto do final. Visto por outra perspectiva, não creio que este mestrado seja um concorrente directo aos que oferecemos em Aveiro. É interessante, mas aborda outra área de conhecimento. Acho que temos todos a aprender uns com os outros…

P.S.: Tomei a liberdade de editar ligeiramente a mensagem original

Fontstructions Made in DeCA

Primeiros exemplares do livro do Projecto Tipográfico–Espécime

Já temos os primeiros exemplares do livro com os resultados do trabalho de desenvolvimento tipográfico dos alunos do DeCA. Para quem não sabe do que se está a falar aqui, deixo o excerto que se pode ler na introdução:

O Projecto Tipográfico resultou do cruzamento da dedicação da Prof. Olinda Martins, docente da disciplina, com o projecto de investigação a ser desenvolvido pelo Prof. Pedro Amado no âmbito do Programa Doutoral em Informação e Comunicação em Plataformas Digitais. Esta colaboração teve origem no ano lectivo de 2008-09, num formato mais reduzido, mas, dado o interesse e dedicação de todos os participantes, foi ampliado dando origem aos resultados presentes nesta publicação.

Este livro conta também com um texto da autoria do Designer Rui Abreu que esteve presente no DeCA para dar uma conferência sobre Type Design. Rui apresenta o seu ponto de vista e resume a experiência de uma forma muito clara e objectiva.

Pormenor do interior do livro

No que diz respeito ao trabalho, os alunos estiveram à altura e desenvolveram fontes muito interessantes. Algumas chegaram a ser alvo da interacção online com utilizadores externos no Fontstruct. No final, todos eles desenvolveram e imprimiram um espécime da Fontstruction baseado num template (ver imagem abaixo) com o objectivo de editar este livro.  A produção ainda não está terminada, mas já temos os primeiros exemplares. No final, todos os alunos ficarão com um livro idêntico, sobrando ainda meia dúzia para mostrar e quem sabe distribuir? Vamos ver…

Aqui fica a lista de todas as Fontstructions desenvolvidas,  patentes no livro editado:

Pormenor do interior do livro

Estejam atentos também ao que os autores das fontes também estão a desenvolver (como por exemplo no caso da Adaptoni Caps—já existe uma versão Sans a caminho). É claro que há uma série de aspectos que podem ser melhorados no futuro. Mas, considerando que esta foi a primeira abordagem ao Type Design e especialmente ao Fontstruct por parte dos alunos, foi realmente um resultado muito positivo.

Mais informações e fotografias sobre o desenvolvimento do projecto no Blog da disciplina: http://tipografia.blogs.ua.sapo.pt/

Pormenor da exposição dos alunos do 1º Ano

Pessoalmente, estou muito contente com os resultados. Aliás, esta foi uma opinião partilhada por muitos dos visitantes que já tiveram oportunidade de ver a exposição final de Design nas Catacumbas do DeCA. Se ainda não passaram por lá, aproveitem que está só até sexta-feira. Fica aqui o link para o Flickr da prof. Olinda, onde podem ver mais um conjunto de fotos da exposição.

Dave Crossland @ Hacklaviva

2010-06-19 Font Workshop @ Hacklaviva

No sábado deu um pequeno workshop. Na próxima terça (amanhã), pelas 21:30, vai dar uma conferência sobre desenho e implementação de fontes: http://hacklaviva.net/2010/06/e-ja-amanha-a-b-c-oficina-de-tipografia-livre/

[update]

Imagem da divulgação

A conferência já foi divulgada no site, e já se pode ler o programa no site do Hacklaviva: http://hacklaviva.net/2010/06/hoje-font-secrets-revealed-dave-crossland-hacklaviva/

No passado sábado o Dave Crossland esteve no Hacklaviva, a convite do Ricardo Lafuente, para fazer um pequeno workshop em formato de jogo sobre desenho e implementação de fontes no Fontforge. A manhã foi ocupada por uma divertida e muito prática metodologia de desenho de letras em colaboração. Para isso usou os conhecimentos que adquiriu em Reading e utilizou parte do método de Frank Blokland (Arquétipo Tipográfico).

Iniciou com uma breve exposição (sempre de forma muito prática) recorrendo a um ficheiro de Inkscape para demonstração dos conceitos. Começámos a desenhar as letras “n” e “o”. Após uma ronda de selecção, elegeu-se um espécime e voltamos a desenhar as letras, mas com o objectivo de escrever “shoplift”. Progressivamente o desenho do tipo ia sendo definido, como podem ver nas poucas imagens que fiz durante o Workshop.

Hacklaviva sketch @ Fontstruct

Na parte da tarde acabámos de desenhar algumas características, através das restantes letras “e”, “a” e “d”. O Dave começou a demonstrar como desenhar e aplicar em Fontforge, mas infelizmente o tempo não deu para mais… o final da tarde seguiu-se com outros eventos. Entretanto, no Sábado à noite e no Domingo estive a fechar algumas ideias sobre a fonte para não perder o desenho, e para poder partilhar no Fontstruct.

Amanhã à noite vamos poder ver mais e melhor. O Dave é um tipo porreiro e muito acessível. O Hacklaviva é um espaço informal, como fica na Baixa, talvez dê para ir beber um copo depois… Apareçam!

Dave Crossland, para além de fundador da Open Font Library, é um activista pelo uso do software livre nas esferas criativas, percorrendo o mundo para mostrar como podemos criar alfabetos e tipos de letra com recurso a ferramentas livres. Entre outras muitíssimas contribuições para a cultura livre, Dave Crossland é também o autor da lindíssima Cantarell.

Duas mostras de Design na UA

Cartaz da Exposição Final

Neste final de semestre (e de ano lectivo) o Curso de Design do Departamento de Comunicação e Arte apresenta um dois-em-um a não perder. Uma exposição final de trabalhos dos alunos e um projecto de comunicação desenvolvido pelos alunos do 2º Ano.

Os trabalhos dos alunos de Tipografia do 1º Ano também vão estar em exposição e, para quem não acompanhou no blog da disciplina da Prof. Olinda Martins, vai ter aqui uma oportunidade de ver uma amostra do que foi feito. Apareçam!

18 a 24 de Junho (Inaugura a 18 de Junho, 18:00)
Catacumbas da Universidade de Aveiro

Mais informações: http://uaonline.ua.pt/detail.asp?lg=pt&c=17966

Design Exposição Final
O evento Design Exposição Final, a decorrer nas Catacumbas da Universidade de Aveiro – espaço que alberga a leccionação do Curso de Design provisoriamente -, pretende ser uma mostra dos projectos desenvolvidos pelos alunos neste ano lectivo de 2009/2010 e, ao mesmo tempo, apresentar à comunidade as instalações recentemente reestruturadas e reequipadas para poderem acolher os três anos da licenciatura e os dois do mestrado em design.
Este espaço, agora pensado para as necessidades específicas desta tipologia de formação, oferece aos alunos novas oportunidades e desafios ao nível da experimentação, investigação e pensamento crítico, bem como do desenvolvimento das suas capacidades técnicas individuais.

As salas de aula tornam-se agora num conjunto de galerias interdependentes, organizadas na lógica da ocupação dos espaços pelos diferentes anos lectivos, para receberem o resultado do culminar da experiência única de cada aluno nesta sua passagem pelos programas de formação superior em Design desta universidade.

A exposição pode ser visitada do dia 18 a 24 de junho, das 10h. ás 18h., estando a sua inauguração agendada para as 18h. do dia 18.

Convite da exposição das Pontes de Contacto

Pontes de Contacto

Pontes de Contacto é um projecto semestral desenvolvido no contexto da disciplina de Projecto em Design III, sob a orientação dos três professores João Nunes, Nuno Dias e Olinda Martins, pelos alunos do 2º ano da licenciatura de Design da Universidade de Aveiro.
É um projecto que parte de um entendimento do design enquanto disciplina integradora de conhecimentos especializados no sentido da qualificação de mundos humanos, propondo-se estabelecer a estreita relação e reconhecimento do design, e a sua actuação no seio do campus universitário da UA, tendo em conta as variadas áreas científicas que esta abrange. O projecto desenvolveu-se através da investigação em torno do conhecimento que estas disciplinas têm acerca do design e vice-versa, bem como da descoberta do papel que o design pode assumir ao serviço dessas mesmas disciplinas.

De 18 a 24 de Junho os alunos reúnem num só espaço 10 trabalhos de grupo (por cada grupo cerca de 5 alunos), dando a oportunidade de mostrar o seu trabalho à comunidade académica e de que forma estabeleceram a ponte de contacto.

Esta é uma oportunidade que pode permitir o entendimento do significado contemporâneo do design no que concerne à comunidade académica e perceber como a investigação em e pelo design pode ser articulada com diferentes disciplinas.

P.S.: Não tenham medo, as Catacumbas não são mesmo “catacumbas”…

Follow

Get every new post delivered to your Inbox.

Join 128 other followers

%d bloggers like this: