Gerard Unger @ ESAD

Gerard Unger @ Esad

“There is no harder edged art than Typography!”

Gerard Unger é (apesar dos seus 65 anos) uma das maiores referências mundiais a nível de desenho tipográfico. Rivalizado em idade e reputação só por Mathew Carter (como fez questão de mencionar).

A conferência foi espectacular, apesar da fraca adesão do público (qualquer parcialidade é pura coincidência…). Será que as pessoas estavam com medo de não ter lugar? Será que não conheciam Unger (o que é estranho porque o Blauvelt é ainda mais desconhecido…) Ou ainda, será que o Design Tipográfico não gera assim tanto interesse? (O que é ainda mais estranho, visto que, histórica e metodologicamente, está no cerne da actividade da prática e do ensino de Design de Comunicação).

Há dois ou três anos, uma conferência de design não esgotaria uma sala tão pequena. Agora, oradores relativamente menos conhecidos do que Spiekermann enchiam-na.
The Ressabiator

O que é que aconteceu a este público regular?

Um Designer com um sentido de humor extremamente apurado e com uma vertente pedagógica e comercial bem delineada.
Foi particularmente positivo, com um discurso calmo e bem articulado com as típicas inflexões holandesas. Mostrou conduzir muito bem a conferência recorrendo apenas duas ou três vezes às suas notas (manuscritas). Apresentou trabalho pessoal e algumas referências externas desde 1975 a 2007 (sem seguir uma evolução cronológica linear, o que foi muito refrescante), incluindo uma referência a trabalho de colegas que irá ser apresentado na Documenta de Kassel.

De qualquer forma, sem mais demoras e de uma forma mais ou menos opinionada, aqui ficam algumas notas da conferência.
Continue reading “Gerard Unger @ ESAD”