Modelo de estrutura de artigos

T-L-856-Blank-Writing-Frames_ver_1
Blank Writing Frames © Twinkl

Bom, com as aulas e avaliações terminadas, entra a “silly-season” académica de manutenção de currículos, terminar orientações e preparar arguições, coordenação e preparação de projetos, financiamentos, bolsas, concursos,… E, não menos importante, tentar colocar a escrita em dia!

Neste post partilho o modelo estendido que tenho vindo a usar e a partilhar.

Para esta altura fica sempre a promessa de enviar propostas de artigos que ficaram na gaveta (parece que, no meio disto tudo, a malfadada preparação do próximo semestre letivo — agendada, programada, desejada…— fica cada vez mais longe, prometendo mesmo ficar para a véspera… ). Quer de propostas pessoais, quer do trabalho com os alunos que é interessante partilhar para além do círculo interno da faculdade.

Este ano tive o privilégio de acompanhar uma fornada de alunos espetaculares. Entre orientandos (MDGPE e MDI), alunos do 1.º ano do MDI, bem como alguns alunos da licenciatura em Design, têm aceite desenvolver um pouco os trabalhos (relatórios ou projetos) para formatos de comunicação a submeter a conferências nacionais.

Tenho-me visto a explicar uma e outra vez como redigir um resumo. Apesar de já ter uma série de cábulas como estas que vou deixando no blog, desta feita, acho que repeti vezes demais como estruturar um artigo ou comunicação.

Os modelos das conferências, por motivos que me são alheios, são parcos na informação, e muitas vezes são difíceis de aplicar os estilos necessários. Para os estudantes que não têm experiência é ainda mais difícil, pois para além desta “barreira” formal, ainda têm que se concentrar em organizar as ideias numa estrutura simples e curta.

Tal foi feito para o 2.º e mais tarde ampliamos para o 6.º Encontro de Tipografia, a ideia de ter um modelo com uma sugestão da estrutura e conteúdo, bem como de formatação de estilos, é uma forma de simplificar o processo, a redação. Isto é, se não tivermos que pensar muito na estrutura e na aplicação de estilos, “basta” apenas preocupar-nos com a qualidade dos conteúdos, certo? Pelo menos, é assim que eu penso. Um modelo, um “template” de escrita serve, para mim, como um guia, mas ao mesmo tempo como uma espécie de “checklist” contra a qual vamos verificando se temos dados e, consequentemente, basta preencher como se se tratasse de um formulário.

Consiste basicamente nas seguintes secções devidamente comentadas e formatadas com os estilos apropriados:

Título

(Estilo Title/Título)

Autores e emails

Nome, apelido, email, afiliação. Formatado p. ex. em estilo normal. Costumo usar um Heading 5 ou 6 para poder gerar índices facilmente quando necessário.

Resumo & Abstract

Síntese do trabalho em 300–500 palavras. Título da secção formatado p. ex. estilo Heading 4. Conteúdos formatados em estilo normal.

Palavras-chave & Keywords

Entre 4 a 5 que complementem o título. Formatados p. ex. estilo normal, ou Heading 5 ou 6 — dependendo do que foi feito com os autores e email —, para poder gerar índices facilmente.

Introdução

Título do capítulo formatado em estilo Cabeçalho / Heading 1. Conteúdo deve incluir contexto, problemática/objetivos, metodologia e estrutura do paper. Conteúdos formatados em estilo normal.

Enquadramento…

Os restantes capítulos de conteúdo devem estar organizados de acordo com a estrutura e estilo pretendido pelos autore. Devem incluir, mas não estar limitados a: Revisão de literatura, ou estado da arte; Metodologia; Resultados.

Títulos dos capítulos formatados em estilo Cabeçalho / Heading 1. Se os capítulos tiverem secções, formatar em estilo Cabeçalho / Heading 2 e Heading 3. Evitar mais do que 3 níveis estruturais.

Conclusão

Título do capítulo formatado em estilo Cabeçalho / Heading 1. Apresentar os principais resultados e contribuições de acordo com a introdução, e de forma resumida.

Referências

Título do capítulo formatado em estilo Cabeçalho / Heading 1. Secção final com a lista completa das referências citadas no corpo do artigo. De acordo com a norma pedida.

Acho que está numa versão madura e bastante completa no que diz respeito a incluir os conteúdos e estrutura mais comuns deste tipo de trabalhos. Sem mais demoras, para quem se deu ao trabalho de ler isto tudo, aqui fica a explicação da estrutura e um modelo em Microsoft Word (.docx): PAmado-Paper-Template-Instructions-EN-extended-new

 

 

Author: Pedro Amado

Professor Auxiliar na Faculdade de Belas Artes Universidade do Porto lecionar Ferramentas Digitais, Web Design, Design de Interação e Creative Coding

2 thoughts on “Modelo de estrutura de artigos”

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s