PO.EX[.D] ou algumas referências de Poesia Experimental Dinâmica

Suncika P. K. @ FBAUP
Suncika P. K. conference on concrete [digital] poetry @ FBAUP, 2018
Já não me lembro quando começou este meu fascínio pela Poesia Visual. Mas, tendo estudado Design Gráfico e desenvolvido uma paixão pela [composição baseada em] tipografia, parece-me um resultado perfeitamente natural. Mas, a verdade é que nunca dediquei muito estudo à sua história. Vou conhecendo as peças pelos facsímiles da Orpheu (ou outras obras como o manifesto Anti-Dantas), ou por um ou outro autor de poesia concreta que me passa pelas mãos.

Revista Orpheu

Mas, em 2017, quando regressei à FBAUP, aproveitei para definir um dos trabalhos de Web Design II como a composição de um poema concreto — não só uma oportunidade de trabalhar não só uma página em RWD, mas também para explorar as capacidades da “recém-publicada” especificação OTVar. Para os amigos, as Variable Fonts.

Em 2018, tivemos uma visita de uma artista digital sérvia — Suncika P. K. — e aproveitamos para explorar a proposta em conjunto. Suncika ampliou as referências fornecidas, passando por artistas menos convencionais que exploramos os meios eletrónicos e digitais, e promoveu uma criação mais autoral. Os trabalhos dos desenvolvidos pelos estudantes foram absolutamente fora de série.

Por isso, este ano, mantive o modelo do projeto. Vai ser a primeira experiência de manipulação interativa do DOM com JS. Ontem fechámos o ciclo de introdução aos conceitos / programação que já tínhamos explorado em LSI, adicionando alguns métodos de acesso e manipulação dos elementos na página. As próximas semanas são dedicadas à criação, composição, manipulação de um Poema Visual [Interativo] com Variable Fonts. E, para isso, decidi dedicar algum tempo a compilar uma lista de autores e referências visuais. À semelhança de LSI, não estou à espera de fazer uma lista “definitiva”, mas assumir este artigo como uma entrada de atualização constante. Para já, ficou com uma lista mais sólida nos “clássicos” estáticos. Alguns autores digitais iniciais — o problema é o acesso à páginas antigas, muitas com Flash ou Java applets! —, e alguns que manipulam outras tecnologias que não são necessariamente HTML+CSS+JS. Sem mais demoras…

Continue reading “PO.EX[.D] ou algumas referências de Poesia Experimental Dinâmica”

Como planear e conduzir um projeto (de mestrado)

Screenshot 2019-07-17 14.04.44.png
Cronograma genérico das atividades a desenvolver durante  ano letivo dedicado à dissertação de mestrado

Com o ano letivo a terminar (parece que nunca mais se espremem os “finalmentes”), alguns alunos apresentam os projetos que terminaram (a tempo, ufa!). E outros começam a preparar os que vão desenvolver no próximo ano.

O que nem sempre fica claro nestass conversas iniciais que já estão a decorrer é a urgência, o tempo curtíssimo que têm para fazer tudo o que precisam.

Quer dizer, é excelente eles já nos procurarem para afinar os projetos neste final de ano. Mas, à distância, o prazo de término em maio (sim, porque a entrega é no início de junho e ainda é preciso rever e corrigir que demora sempre 15 a 25 dias!) parece sempre que dá tempo suficiente. Mas não!

Este post é o último (acho?) da série académica, onde explico, ou melhor [d]escrevo o que normalmente explico aos alunos durante as orientações para o segundo ano. Continue reading “Como planear e conduzir um projeto (de mestrado)”

Estrutura de uma dissertação, relatório de mestrado ou tese de doutoramento

Image result for blueprint
Blueprint paper © ThoughtCo

Ainda na senda do acompanhamento e finalização dos trabalhos de mestrado, aqui fica uma estrutura (para um futuro modelo que está a ser construído e atualizado neste próprio post) de um documento de dissertação, relatório ou tese académica. É uma estrutura compilada a partir de várias fontes (como os dois principais livros de metodologia  que recomendo, da orientação do meu doutoramento pela Prof. Ana Veloso, e dos modelos existentes, p. ex. o modelo de dissertação do Multimédia da FEUP do Prof. Rui Rodrigues) e pretende ser um guia para usar e adaptar conforme a profundidade e aplicabilidade aos diferentes trabalhos. Continue reading “Estrutura de uma dissertação, relatório de mestrado ou tese de doutoramento”

Modelo de estrutura de artigos

T-L-856-Blank-Writing-Frames_ver_1
Blank Writing Frames © Twinkl

Bom, com as aulas e avaliações terminadas, entra a “silly-season” académica de manutenção de currículos, terminar orientações e preparar arguições, coordenação e preparação de projetos, financiamentos, bolsas, concursos,… E, não menos importante, tentar colocar a escrita em dia!

Neste post partilho o modelo estendido que tenho vindo a usar e a partilhar. Continue reading “Modelo de estrutura de artigos”

Bolsa de investigação em Web Design

Screenshot 2019-06-11 14.55.15.png

Um post rápido para anunciar/divulgar a abertura de uma bolsa de investigação para Mestre em Web Design. Basicamente, queremos um front-end design ninja, que esteja à vontade para criar ou personalizar um tema do CMS Collective Access. Continue reading “Bolsa de investigação em Web Design”

On web design trends & aesthetics

“I would rather have bad design on the Internet than just one kind of design!”Suleman, 2018

Já há um par de anos que me debato com este problema. As opções. Normalmente é uma pergunta que surge no âmbito da tipografia—porquê desenhar mais fontes?—mas que tem sido aplicado ao Webdesign—porque não usar apenas um bootstrap?—e ao design editorial (nos últimos meses). Continue reading “On web design trends & aesthetics”

Hackathon Metrolab

jose-alejandro-cuffia-799485-unsplash.jpg
Photo by José Alejandro Cuffia on Unsplash

Normalmente não dedico muita atenção a este tipo de eventos — eu sei, eu sei,…  devia, mas não dá tempo para tudo —, mas este chegou-me via o designer Nuno Vargas e chamou-me logo à atenção.

A Metrolab / AMPorto está à procura de Designers e de Programadores para participarem numa hackathon que visa dinamizar ecossistemas inovadores em torno de desafios concretos nos municípios da Área Metropolitana do Porto. Continue reading “Hackathon Metrolab”