Museus 2.0, outra vez

https://www.scribd.com/doc/262170473/Museus-2-0-Estrategias-de-Colaboracao-em-Instituicoes-Artisticas-e-Culturais
Museus 2.0: Estratégias de Colaboração em Instituições Artísticas e Culturais

Ainda sobre este tópico — Museus 2.0 — hoje tive a oportunidade de participar numa aula aberta do Mestrado em Design, aqui na Universidade de Aveiro. Fui convidado para participar numa discussão sobre legibilidade [já prometi escrever mais sobre este tópico] a propósito do projeto / dissertação da Alexandra Guedes (sob orientação da Prof.ª Joana Quental).

Acabei por ficar para as restantes apresentações. Uma delas, a última, foi sobre a dinamização de uma experiência museológica / rede de museus. Isto fez-me lembrar várias coisas que nunca partilhei aqui no blogue e que acho que é a altura ideal:

  1. Escrevi um ensaio que nunca publiquei sobre isto, no ano curricular do doutoramento, na disciplina de Novos Paradigmas do Prof. Fernando Ramos. Deixo a apresentação (acima) e o rascunho do artigo no Scribd (mais tarde no Academia também);
  2. Lembrei-me que isto é, de forma tangencial, o tema do doutoramento do Daniel BrandãoMuseu do Resgate —, que vai dar cartas na próxima TEDx Porto!
  3. O aluno em causa também quer desenvolver uma aplicação móvel para dinamizar a experiência museológica. Isto é basicamente o doutoramento do (meu amigo e colega aqui no departamento) Prof. Pedro Beça.

Foi uma manhã muito interessante. Deixo aqui o meu agradecimento público ao Prof. Nuno Dias e à aluna Alexandra Guedes que me fez o convite.

Museus 2.0, outra vez

Vodafone Mobile Clicks

(Pormenor da imagem do site oficial)

Não sabem o que fazer nas férias? Pois bem, recebi um comentário no blog a divulgar um concurso que ia descartar como spam. Mas algo me fez olhar para o aviso duas vezes… Na realidade tratava-se de divulgação oficial de um concurso muito, muito aliciante: Vodafone Mobile Clicks.

Após uma brevíssima troca de emails com Paula P. da comunicação da Vodafone, passo a transcrever/divulgar o concurso:

Convidamo-lo a participar e a divulgar o Vodafone Mobile Clicks 2010, um concurso que pretende encontrar e premiar o melhor projecto de Internet Móvel criado por uma start-up. A competição, que é a maior deste género no mundo, atribuirá um total de 150.000 euros em prémios (divididos por um prémio de 100.000 euros e um de 50.000 euros) e irá decorrer em três países europeus: Holanda, Portugal e Reino Unido.

Qualquer empresa recém-criada, ou em fase de implementação, que queira apresentar a sua melhor ideia para um portal, serviço ou aplicação para telemóvel poderá participar, bastando que apresente a sua candidatura em http://www.vodafonemobileclicks.com até ao dia 22 de Agosto de 2010.

Cada candidatura será avaliada por um júri composto por representantes da Vodafone e especialistas da indústria com base nos seguintes critérios: originalidade, criatividade e inovação, viabilidade técnica, operacional e financeira, valor para os utilizadores e qualidade da equipa de gestão. Os quatro finalistas – um por cada país participante – serão convidados a representar o seu país numa finalíssima que se realizará no Festival de media, entretenimento e tecnologia PICNIC, na Holanda, a 24 de Setembro de 2010, onde será seleccionado e anunciado o projecto vencedor do concurso.

Todos os detalhes, termos e condições do concurso Vodafone Mobile Clicks 2010 estão disponíveis em http://www.vodafonemobileclicks.com.

Cumprimentos,

Vodafone Portugal
Comunicação Institucional, Apoio à Gestão
e Responsabilidade Social
E-mail: press.pt@vodafone.com

E já agora, porque acabou de me chegar a casa o novo livro do Processing, que tal prototipar a aplicação em Mobile Processing? É mesmo muito rápido começar a usar esta plataforma (e já aqui falei sobre isto). O livro apenas aborda o Processing (e o Arduino, mas não a versão Mobile), embora seja pequeno (demais?) para o preço que se paga por ele, em comparação com o manual oficial, ou o do Shiffman. Mas é talvez o mais rápido e completo manual de iniciação ao Processing, a partir do qual não terão dificuldades em usar a versão Mobile. De que estão à espera?
Vodafone Mobile Clicks